As principais bolsas da Ásia encerraram o pregão desta quarta-feira predominantemente em queda, pressionadas pelo mau desempenho de papéis do setor de tecnologia. O índice pan-asiático medido pela S&P terminou com recuo de 4,98 pontos (-0,31%), aos 1.625,91 pontos.

A sessão asiática foi marcada foi três eventos que ocorreram na véspera no Ocidente.

Um ataque cibernético contra diversas empresas de logística e commodities na Europa no meio da tarde de ontem pressionou os papéis de empresas de tecnologia em todo o globo, vistas com desconfiança por operadores diante dos problemas de segurança.

Ainda nesse setor, as ações foram pressionadas pela multa recorde de 2,42 bilhões de euros que o Google terá de pagar a autoridades antitruste europeias, por acusações de favorecimento da ferramenta própria de e-commerce no buscador em detrimento a outras empresas.

No campo da política monetária, o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, sinalizou uma postura mais dura em relação a estímulos monetários na região, o que desagradou investidores de risco ao redor do planeta.

Por causa do fuso horário, somente na sessão desta quarta-feira que os operadores asiáticos sentiram com mais pressão o mau humor dos mercados.

Desta forma, o índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, terminou o pregão em baixa de 0,61%, aos 25.683,50 pontos. As ações do portal de serviços chinês Tencent deslizaram 1,81%.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipei terminou em baixa de 1,16%, aos 10.390,55 pontos, a maior queda diária porcentual desde a eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos, em novembro. Os papéis da montadora de adaptadores de rede Wi-Fi D-Link caíram 0,84% e da fabricante de produtos para computadores Catcher Technology perderam 2,02%.

Na China continental, o índice Xangai Composto recuou 0,56%, para 3.173,20 pontos, com destaque para o recuo de 1,64% das ações da fabricante de eletrodomésticos Qingdao Haier. Já o índice Shenzhen Composto cedeu 0,80%, para 1.883,37 pontos.

O índice Kospi, da Bolsa de Seul, terminou o pregão em baixa de 0,39%, aos 2.382,56 pontos. Já o S&P BSE, de Mumbai, recuou 0,50%, para 30.804,77 pontos.

A única praça que terminou em alta na Ásia foi a da Bolsa de Sydney, onde o índice S&P/ASX 200 teve valorização de 0,73%, encerrando em 5.755,70 pontos. A alta do minério de ferro sustentou as ações de empresas de setor: a Fortescue saltou 4,11% e a Rio Tinto ganhou 2,49%. (com informações da Dow Jones Newswires)


Source link Dzoom.org

Leave a Comment

×