O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, acusou ontem a Direção-Geral da Saúde de ter a trabalhar no seu seio pessoas ligadas a associações que são contra as vacinas.

“Não é aceitável que no seio da DGS existam pessoas a trabalhar que promovem exatamente o contrário daquilo que a própria DGS promove”, afirmou à Lusa, instando o Governo a apresentar queixa contra associações que fazem publicidade contrária às vacinas. “Não podemos aceitar que, por exemplo, a chamada Sociedade Portuguesa de Homeopatia passe a mensagem para os portugueses de que as vacinas são más”, afirmou.

O Diretor-Geral da Saúde, Francisco George, desmentiu as acusações. “Não têm qualquer fundamento”, afirmou o responsável. Recorde-se que o recente surto de sarampo em pessoas não vacinadas e a morte de uma jovem de 17 anos relançou o debate sobre a importância da vacinação.


Source link Original

Leave a Comment

×